RELACIONAMENTO COM AS MARCAS

Começamos a falar sobre os tipos de relacionamentos com as marcas e em homenagem ao mês das noivas no post "Que tipo de casamento é o seu?", e demos prioridade aos tipos de casamento com as marcas.

Mas hoje vamos falar de outros tipos de relacionamentos com as marcas:

Alma Gêmea
Há algumas marcas que se tornam nossas melhores amigas, ou seja, é aquela relação baseada no princípio da reciprocidade. A duração desta relação depende da continuidade das experiências positivas que você tem com esta marca. É uma relação caracterizada pela honestidade e intimidade. É aquela marca que você usa porque “combina” com seu Eu verdadeiro, sua essência.

Amizade Colorida
Há um outro tipo de amizade, chamada “amizade compartimentalizada”, que diz respeito àquelas relações muito específicas, que acontecem dentro de um contexto, e que não implicam em intimidade. Entretanto, são relações que oferecem altas recompensas sociais e emocionais. Um bom exemplo seria uma marca de vinho que você geralmente pede quando vai levar um convidado importante para jantar. Você nem sempre toma aquele vinho, mas em situações especiais você escolhe aquela marca porque sabe que irá agradar, ou irá impressionar seu convidado.

Velha infância
Não podemos deixar de citar aquelas marcas que são nossas amigas de infância. A gente nem tem mais tanto contato com elas, mas o vínculo emocional persiste, pois nos dá uma sensação de segurança e conforto.

Parente a gente não escolhe
Já as relações de parentesco com as marcas, são relações involuntárias que você estabelece com as linhas de produtos de uma marca. Neste caso, se você está acostumada a usar um desodorante de uma marca X, acaba usando toda a gama de produtos para higiene pessoal desta mesma marca.  Seja por uma promocão, uma fragrância, ou outro fator.

Apagando uma desilusão
Outro tipo de relacionamento acontece quando você está doida para se livrar de uma experiência ruim que teve com uma marca, e a substitui rapidamente por outra que passa a exercer um forte poder de atração sobre você.  É algo do tipo: “qualquer coisa é melhor do que esta porcaria aqui”. Na verdade a escolha pela nova marca é totalmente precipitada, pois ela é movida apenas pelo desejo de se afastar de uma experiência negativa.

Enfim, como vocês podem ver, há muitos tipos de relacionamentos com as marcas. E se vocês pensam que já acabou, aguardem o próximo post para conhecer ainda mais!

http://planofeminino.com.br/relacionamento-com-as-marcas/